É intolerante à lactose? Não se preocupe. Hoje em dia isso já não é um entrave para não comer aquela deliciosa fatia de queijo ao pequeno almoço, ou até mesmo como aperitivo às refeições.

Atualmente existe um grande leque de opções de queijos que podem ser consumidos por todos aqueles que querem apreciar estas pequenas maravilhas. Tudo depende do processo de fabrico deste lacticínio, desde a pasteurização ao tempo de maturação. Sendo que este último pode demorar de poucas semanas até a alguns meses, tudo depende do tipo de queijo.

Por exemplo, os queijos maturados, como o parmesão, possuem um menor teor de lactose que o requeijão e isso deve-se ao processo de maturação, onde as bactérias utilizadas ao longo do processo fermentativo consomem a lactose. Ou seja, quanto mais tempo o queijo estiver neste ambiente, menos quantidade de lactose terá.

Ao contrário do que muitos pensam, a mozzarela de búfala ou o queijo fresco possuem cerca de 2g de lactose (por 100g), bem mais do que muitos queijos maturados, como o de mistura que a Latimonte produz, que apenas contêm 0,1g de lactose (por 100g).

Mas afinal, o que é que não pode deixar de dar atenção quando compra um queijo? E, como deve consumi-lo? Ainda fazemos muitos erros no que toca à compra de queijos e ao facto de não tomarmos atenção aos rótulos. Principalmente quando falamos de intolerâncias, pois temos que ter um cuidado redobrado relativamente a isso.

O mundo dos queijos é sem dúvida, de uma ampla variedade e as reações que provoca chegam a ser de extremos. Se por um lado, há quem nem sequer suporte o seu cheiro, por outro lado, há quem se autodenomine “amante” de queijo.

O queijo pode ser, sem dúvida, a companhia ideal para a suas refeições, desde que escolha o que mais se adequa a si e às suas restrições.

Há mesmo quem considere o queijo a sobremesa perfeita, outros um ótimo aperitivo e alguns ainda o vêem como uma excelente fonte de proteína. O queijo fresco é um excelente exemplo deste último ponto. Na Lactimonte o queijo fresco contém uma dose de 15,6g de proteína, sendo uma boa escolha para quem pratica uma alimentação saudável.

Parece que, aos poucos, o queijo vai ganhando o seu espaço na alimentação de cada um, não acham?

Lactimonte, a tradição que vem de longe!

Fonte: Sem Lactose e Bonde